Anahp | Área Restrita

Cardiologia do hospital Madre Teresa celebra 30 anos

O mês de dezembro começou com festa. No dia 01 de dezembro, o Hospital Madre Teresa e o Serviço de Cardiologia Clínica receberam convidados para a celebração dos 30 anos do início dos trabalhos da equipe na Instituição. Ainda durante o evento, houve o lançamento da terceira edição do livro “Síndromes Coronarianas Agudas”, escrito pelo coordenador do Serviço de Cardiologia do HMT Dr. Roberto Luiz Marino.

Na abertura do evento, a diretora geral do Hospital Madre Teresa Irmã Fabiana Cândido, o diretor administrativo Marcos Vete, o diretor técnico Dr. Ronaldo Percopi, a gerente de enfermagem Irmã Sandra Zanotto e o coordenador Dr. Roberto Luiz Marinho compuseram a mesa da sessão solene. Na abertura, a Irmã Fabiana falou sobre a história da cardiologia no Hospital, agradeceu os anos de empenho da equipe e elogiou de forma carinhosa o Serviço, que é uma referência em Minas Gerais e no Brasil, dizendo: “Temos que crescer, seguir para o futuro, mas sem nunca perder esse jeito mineiro de ser, porque o mineiro é quieto e bom naquilo que faz”.

Durante a apresentação, Dr. Roberto Marino fez uma retrospectiva da história do serviço, destacando o trabalho dos colegas que atuam na equipe desde o início, como o hemodinamicista Dr. Marcos Marino, o cardiologista Dr. Walter Rabelo e o cirurgião cardiovascular Dr. Fernando Roquette. O coordenador da cardiologia falou ainda sobre o programa de especialização e residência, que formou especialistas que hoje atuam no Hospital Madre Teresa e hospitais de todo o Brasil.
Outro destaque foi a criação do Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa (CDEP) e da Comissão de Ética em Pesquisa (CEP), sendo este último pioneiro entre os hospitais privados. Por fim, Dr. Roberto reforçou que é necessário relembrar o passado e manter o foco no futuro, com o aperfeiçoamento de técnicas e tecnologias, como é o caso da telemedicina, que dá ao médico a possibilidade de avaliar e acompanhar o caso do paciente de forma remota em qualquer lugar do mundo.

Já o coordenador do Serviço de Hemodinâmica do HMT, Dr. Marcos Marino, abordou os avanços da cardiologia intervencionista em paralelo à cardiologia clínica. O serviço de hemodinâmica do HMT nasceu com os especialistas em cardiologia que já atuavam na Instituição. O hemodinamicista citou ainda os inúmeros desafios e avanços que a equipe viveu na busca pelo avanço do tratamento minimamente invasivo para os pacientes cardiopatas, como o uso dos stents e a aplicação da TAVI.

EMOÇÃO E HOMENAGEM

Dr. Vinicius Maia Machado, cardiologista do Hospital Madre Teresa por mais de 25 anos e um dos primeiros especializandos a se formar na instituição, partiu em agosto deste ano e deixou saudade no coração dos colegas. E assim, com o carinho de quem compartilhou aprendizados e o cuidado de inúmeros pacientes, que o coordenador do Serviço de Cardiologia do HMT, Dr. Roberto Luiz Marino, e o também cardiologista, Dr. Sérgio Murta, prestaram uma singela homenagem entregando a Paula Peixoto Machado, filha do Dr. Vinicius Maia, uma placa em honra ao colega de profissão e amigo.

LANÇAMENTO DO “SÍNDROMES CORONARIANAS AGUDAS”

A equipe de cardiologia do Hospital Madre Teresa é referência em coronariopatias, contanto, inclusive, com uma Unidade Coronariana exclusiva. Para tratar este tema, o Dr. Roberto Luiz Marino publicou, em 2014, o manual Síndromes Coronarianas Agudas. Neste ano, o livro chega à terceira edição e traz a abordagem da dor torácica nas salas de emergência, com aplicação de protocolos e a correta identificação dos pacientes com síndromes coronarianas agudas. A publicação é destinada para médicos, residentes e especializandos em cardiologia, terapia intensiva e generalistas que estão na linha de frente dos atendimentos de emergência.