Anahp | Área Restrita

Além das articulações, Artrite Reumatoide pode atingir outros órgãos

A Artrite Reumatoide (AR) é uma doença autoimune que atinge, principalmente, as articulações das mãos, punhos, joelhos, ombros e dos pés. Além de dor e inchaço localizados, pode causar febre e, em longo prazo, deformidades nas áreas atingidas. A doença também acomete órgãos como pele (nódulos reumatoides), olhos (uveíte), pulmões (pneumonite), glândulas salivares e lacrimais (síndrome de Sjögren), pode gerar manifestações hematológicas (anemias), atingir o sistema neurológico periférico (neuropatias), cardíaco, hepático ou renal (amiloidose). “Quando é na articulação é mais fácil de identificar, mas quando a manifestação é extra articular, demanda mais investigação e a atuação de um especialista”, alerta o médico reumatologista do Hospital Santa Cruz, de Curitiba (PR), Dr. Ciro Helio Kessel.

“Mesmo nas articulações, quando surgem os sinais iniciais, a maior parte dos pacientes fica inclinado a procurar um pronto-socorro para o primeiro atendimento, por achar que houve algum esforço ou trauma que pudesse justificar aquela dor e inchaço nas articulações. Com o uso das medicações analgésicas ou anti-inflamatórias, o paciente fica bem, sem dor, e se contenta com esse resultado, mesmo sendo orientado a investigar com o reumatologista. Mas a doença continua evoluindo”, explica Dr. Ciro Kessel.

Esses fatores dificultam a realização de um tratamento específico e, em varias ocasiões, os pacientes se automedicam com os produtos que o ajudaram no passado. Comumente, após várias semanas ou meses, procuram o reumatologista. “Sem o tratamento correto, em longo prazo, muitos dos pacientes começam a apresentar dificuldades em realizar atividades do dia a dia, como carregar sacolas de compras ou até a simples escovação dos dentes”, enfatiza Dr. Ciro Kessel.

Além de estar atento aos sintomas e à frequência com que aparecem, é preciso investigar e entender as causas da doença. Segundo o médico, dor, inchaço, calor local e rigidez matinal, são indicativos de Artrite Reumatoide ou outra doença reumática. “Mas na dúvida, é sempre melhor procurar um especialista”, destaca.