Anahp | Área Restrita

Prevenção de lesão por pressão é tema de Café da Manhã


Lesões por pressão no leito hospitalar são um problema seríssimo para pacientes de permanência média ou longa. Por isso prevenir complicações relacionadas a pele são uma tarefa fundamental não só para médicos ou enfermeiros, mas responsabilidade de todos que fazem parte do cuidado. Essa foi a mensagem que Mariana Guillen, enfermeira e especialista em assuntos científicos e educacionais da 3M do Brasil, passou para os participantes do Café da Manhã Anahp da última quinta-feira (28).

“A judicialização por lesão de pele tem aumentado muito, mas precisamos pensar também piora da qualidade de vida do paciente após a internação”, alertou a especialista. A legislação prevê que essas lesões, resultado de pressão intensa ou prolongada sob a pele, podem ser consideradas lesões corporais leves quando caracterizadas por ação ou omissão da equipe de multiprofissional, desde que não deixe sequela nem incapacidades por mais de 30 dias.

O quadro se agrava diante da mudança epidemiológica da população atendida nos hospitais: idosos e portadores de múltiplas morbidades, com dependência para cuidados básicos, oferecem um desafio de prevenção contra lesões de pele.

Mariana foi enfática ao afirmar que a responsabilidade sob o cuidado das lesões é de todos os profissionais envolvidos no cuidado, não apenas “da enfermagem, ou do gestor, ou da universidade que não educa em fisiopatologia, mas é sim institucional”. Para ela, a responsabilidade do sistema é desenvolver uma assistência segura e focada na eficácia, e assim a segurança do paciente deve ser “prioridade total”.

As práticas de prevenção estão previstas no Programa Nacional de Segurança do Paciente e na RDC 36/2013 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os incidentes relacionados à assistência à saúde registrados pela Anvisa, entre janeiro de 2014 e julho de 2017, foram de 134.501 notificados, sendo 23.722 (ou 17,6%) lesões por pressão, sendo que em 34 casos os pacientes foram a óbito – o que comprova sobremaneira a importância do tema.