Anahp | Área Restrita

Inovação, gestão e desenvolvimento: 5º Conahp discute futuro da Saúde no Brasil

Encerrado na sexta-feira (24/11), em São Paulo, congresso da Anahp  contou com nomes de peso e abordou aspectos fundamentais da evolução do setor

Entre os dias 22, 23 e 24 de novembro, a quinta edição do Congresso Nacional de Hospitais Privados (Conahp) reuniu mais de 1.800 pessoas no WTC Golden Hall, em São Paulo, para debater o tema “Hospital do futuro: o futuro dos hospitais”. O evento contou com 80 palestrantes entre nomes nacionais e internacionais, lideranças do setor, além de autoridades como o Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin; o Secretário da Saúde do Estado de São Paulo, David Uip; o Secretário Municipal de Saúde, Wilson Pollara; além do Secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Francisco de Assis Figueiredo. O 5º Conahp também contou com 70 empresas, entre  expositores, apoiadores e patrocinadores.

“A saúde é uma das principais empregadoras no mundo inteiro, tem grande importância social e econômica. Fico muito feliz por sediar, em São Paulo, esse importantíssimo congresso”, afirmou Alckmin, durante sua apresentação na sexta-feira (24). “O desafio é custo, aí é boa gestão, inovação e tecnologia para poder oferecer a boa saúde com custos que não sejam exorbitantes. Além do aspecto médico, este congresso analisa a questão da gestão dos hospitais e da saúde como um todo”, completou.   

Durante os três dias de evento, os palestrantes debateram o setor a partir de três eixos estratégicos: “do paciente ao indivíduo: a redefinição da entrega de valor”; “sistema de saúde: as rupturas emergentes e o papel dos hospitais”; e “inovação e futurismo: a tecnologia a nosso favor”. “Reunimos representantes dos elos da Saúde e líderes do setor para refletir sobre o como será este futuro, quais serão estes obstáculos e desafios e como podemos desde já trabalharmos para a construção de um modelo mais sustentável”, afirmou Francisco Balestrin, presidente do Conselho da Anahp.

Eric De Roodenbeke, CEO da International Hospital Federation (IHF), Fábio Gandour, Cientista-Chefe da IBM Brasil; e Mark Britnell, Presidente do Conselho de administração da Prática Global de Saúde da KPMG, foram alguns dos palestrantes de destaque. 

“Tecnologia só faz sentido se estiver a serviços das pessoas. O fascinante canto de sereia que a tecnologia exerce na vitrine só serve para vender celular. Não é desta tecnologia que estamos falando, mas a de que serve às pessoas", ponderou Fábio Gandour, cientista-chefe da IBM Brasil.

Já Roodenbeke, durante sua palestra, destacou competências dos executivos de saúde: “O futuro está nas mãos de vocês! Conhecemos as competências necessárias para o executivo do futuro, podemos adaptá-las para o cenário de cada país. Temos uma ferramenta de gestão para o executivo de saúde feita pela IHF e traduzida pela Anahp".

Durante o Conahp, a Anahp também lançou duas publicações, conteúdo oriundo dos Grupos de Trabalho da entidade. São elas: o Manual de Melhores Práticas Assistenciais e o Manual de Atenção Domiciliar – este último em parceria com o Nead – Núcleo Nacional das Empresas de Serviços de Atenção Domiciliar.